O Dobro de Cinco – O Filme
August 30, 2007, 9:05 pm
Filed under: Uncategorized

estada02.gif

 

Hoje o Estado de São Paulo publicou uma nota, só pra dar um gostinho, anunciando o projeto em que eu venho trabalhando nos últimos três meses. Enfim o projeto não é mais secreto. Trata-se da adaptação para as telonas de O Dobro de Cinco, Graphic Novel de Lourenço Mutarelli ( que dispensa apresentações ). O projeto é da Ipanema, produtora de conteúdo cultural de Rodrigo Teixeira, associada ao grupo INK, de Paulo Schimdt e Tadeu Jungle. No ínício, o Rodrigo me convidou para dirigir um longa ou uma série de animação do Dobro de Cinco, mas acabei convencendo ele, ao Paulo e ao Tadeu de que a história era digna de um longa-metragem em live action. Fiz uma proposta do modelo de produção e do conceito visual pro filme e apertamos o “start”! Dennisson Ramalho vai dirigir, Ricardo Della Rosa é o diretor de fotografia e eu o designer de produção ( o cara que cria o look, o “mood”, o conceito visual e artístico do filme ). Meu trabalho nesse filme será fazer a tradução visual da HQ pro cinema, do 2D para o 3D, coordenar a direção de arte, cenografia e a computação gráfica do filme. Designer de produção não é um crédito muito usado nos filmes brasileiros, por isso, coloquei o link para a explicação da Wikipedia também, pra quem se interessar! :) Cacá Carvalho ( mais conhecido pelo público brasileiro por ter interpretado o “Jamanta” das novelas da Globo e um dos maiores atores de teatro que temos no Brasil ), encarnará Diomedes, o fracassado detetive de Mutarelli, enquanto o próprio Lourenço interpretará Hermes, o cliente. Vavá Torres, o mágico, assinará os efeitos de maquiagem. O projeto é grande e audacioso. Sou um fã, talvez um dos mais chatos, do trabalho do Mutarelli, e posso assegurar que não vamos decepcionar nenhum outro fã!

Sempre me perguntei onde estava o espaço para o cinema fantástico, o cinema bizarro, o obscuro e o irreal no Brasil. O Brasil já têm todas as ferramentas criativas e tecnologicas para realizar um filme assustadoramente fantástico, assustadoramente bom, no que se refere a efeitos especiais. O grande lance é que vamos nos apropriar de toda uma tecnologia poderosa, há muito já usado na publicidade e até mesmo na televisão, para realizar esse filme. O Dobro de Cinco será um filme “do mal”, fiel a HQ de Lourenço Mutarelli, e vai com certeza, abrir portas ( ou portais! ) jamais abertas no cinema nacional.

Espero que essa seja uma boa notícia para os amantes de quadrinhos e uma boa desculpa para eu ter adiado o lançamento da minha HQ por alguns meses ( para aqueles que me perguntam sobre esse assunto ). Retomo meu projeto autoral semana que vem, com sangue no olho!

Abraço,

R. Grampá



Fucking Foda
August 2, 2007, 9:43 am
Filed under: Uncategorized

mesmo_052.gif

 

mesmo_063.gif

 

Everybody that ask for Mesmo Delivery at the San Diego Comic Con, please, forgive me. I didn´t get the Visa, and I´m envolved on a special work ( a really special work ), and because of that I didn´t finish my comic book. I´ll launch Mesmo Delicery at the NYCC, in April. I hope you understand…

And, sorry about my “tarzan english”… It’s just a reference to see how it can work on the pages…

 ————–  

Eu não estava lá, mas sei que foi foda demais. “Fucking foda” pra ser mais específico. É a nossa gíria agora ( sim, estamos ensinando a Becky e o Vasilis a falar alguns palavrões em Português, mas na real “foda” nem pode ser mais considerado palavrão… Até minha mãe fala). A San Diego Comic Con foi memorável. Como eu disse, eu não estava lá, mas fui em entusiasmo e espírito. Tinhamos 520 exemplares da “5” lá e vendemos 90%. Vendemos bem. Sobraram poucas. Eu não imaginava que seria um sucesso, mas foi. Que tesão!

Bom, só pra dar uma satisfação pra quem se interessar… Não consegui o visto a tempo pra curtir a San Diego Comic Con. Minha entrevista no consulado ficou agendado para um dia antes da viagem, o que me impossibilitou de ir. Tente reagendar até o último instante, mas não rolou. Anunciei aqui no meu blog que eu iria lançar meu primeiro álbum lá, o Mesmo Delivery, mas mesmo que eu tivesse conseguido o visto, o álbum não estaria venda na SDCC. Porque? Porque nesse meio tempo surgiu um outro projeto que eu seria louco de recusar. Se trata de uma adaptação de um dos quadrinhos mais geniais já feitos no Brasil pra cinema, live action, projeto de gente grande!

Não larguei meu álbum por causa disso, continuo trabalhando nele, mas só será terminado em Novembro, segundo meus cálculos. Peço desculpas para aquelas pessoas que me mandaram e-mails dizendo que estavam esperando pelo álbum. Peço que esperem um pouquinho mais.

A vida é boa porque nos dá a chance de fazer tudo! As vezes temos que fazer escolhas, e isso é a melhor coisa da vida. Poder escolher!

Estou postando duas páginas do meu álbum, só pra constar que não está parada ( e desculpem o inglês CCAA, é provisório ).  

Abraço,

R. Grampá




Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 179 other followers