trilha
May 3, 2007, 1:55 am
Filed under: Uncategorized

pg29_cor_ref.gif 

 This is just a little piece of an action sequence on Mesmo Delivery.

————————–

RC: Bom, uma coisa é certa…vão dizer que tá muito americano…

RG: Pois é… Não consegui me preocupar com isso na real… Mas pra ficar mais brasileiro, o que seria? Mais Muttarelli? Mais Angeli? Laerte? Kitagawa? Moon e Bá? Sieber? Mais Rafael Sica? Spacca? São todos tão diferente um do outro, cada um têm as mais diversas inflências e a maioria de artistas gringos… E nem todos falam de samba, pobreza e política e nem de coisas que só acontecem no Brasil… Enfim, qual é a cara do quadrinho brasileiro?

RC: Hmm… E se você desenhar umas bundas?

 Acho que o que vale são as referências puras e pessoais de cada um para contar uma história que seja autoral, sem responsabilidades patriotas pois isso pode ser um fardo e um limitador da imaginação.

Quando eu era criança, enquanto eu brincava de pular muros e subir em árvores, eu sempre imaginava uma trilha sonora pra acompanhar minhas aventuras. Essa página aí em cima faz parte de uma sequência de ação, onde eu tentei dar uma experimentada em como seria a ego trip, a imaginação de um cara como o meu personagem. E por aí vamos nós!

Abraço,

R. Grampá

About these ads

9 Comments so far
Leave a comment

Pô, Grampá… acho seu estilo duca!
Tõ louco pra comprar essa Hq…. não é uma hq gringa, nem brasileira… é uma hq autoral.rs

abs e boa produção.

Comment by Júlio Brilha

This is looking good, bro!
Ese comics va a ser publicado aqui en los Estados Unidos?
Este blog me da fuerzas cada dia para seguir buscando mi sueño!

Comment by alexis

Apesar de você desenhar desde criancinha e já ter feito muita coisa bacana, essa é seu primeiro trabalho pessoal de grande porte. Acho que você está certo de fazer o que te dá tesão e não se preocupar com identidade nacional ou coisas do gênero. Pelo menos agora, essas suas memórias de criança, (pular muro, trilha sonora, filme de ação americano) são muito mais importantes. Acho que essas preucupações com identidade tem que vir mais naturalmente, pra não cair no clichê.

Comment by gui

quem vai falar que tá americano?
os xaropes de plantão que nunca fazem nada e só reclamam?
tá ducaralho

Comment by Casa Grande

e eu vi em primeira mão!
ha HÁ!

Comment by daniel og

Eu achei que ficou muito Grampá! Relaxa veio seu estilo não parece com o de ninguem!! No maximo lembra o do Geoff Darrow! Mas não tem nada por ai que pareça com o seu estilo!!

Comment by Rodrigo

Say it loud and say it proud, Elvis!

[s]

Comment by joca reiners terron

Cara, tá muito legal! Esse grilo com raízes rola com todos, mas com certeza seu traço soa autêntico, seu mesmo. Há muitos casos de artistas que sendo eles mesmos soam simultâneamente universais e originais pela sua nacionalidade. Acho que vc não tá longe disso! Afinal, o Brasi tem um universo urbano bem vasto que aos poucos vem sendo explorado por autores com o já citado Mutarelli! E acho que o lance é ser antropofágico com os gringos mesmo!

Comment by Ricardo Cidade

gringo!gringo!gringo!

Comment by riga




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 173 other followers

%d bloggers like this: