Personagens 02
March 9, 2007, 6:10 pm
Filed under: Uncategorized

img_3696.jpg

Do primeiro lampejo de imaginação até o exagero daquilo que está prestes a existir, em dois tempos.

Primeiro o shape do personagem toma forma. As características que você faz questão de que façam parte dele é a única coisa que você ainda vai preservar em todas as próximas versões. Depois do primeiro rabisco feito, você já sabe o que precisa adicionar ou excluir. Chegará a hora que você vai ter certeza de como será representado seu personagem – certeza ilusória na verdade, pois o personagem vai mudar sempre, da primeira página a última, evoluindo ( sei disso porque sou um bom observador )- e você vai sentir a nescessidade de ir além, de exagerar as características, o traço, o shape, pra continuar tendo a certeza ( ilusória ) de que era o meio termo, o equilíbrio, que era mesmo o definitivo.

E tudo isso sem pensar demais, pois o seu personagem já existe, antes mesmo de você resolver desenhá-lo, numa dessas dimensões por aí.

Abraço

R. Grampá

About these ads

5 Comments so far
Leave a comment

Imagina a história inteira como esse rosto mais embaixo…
Não ia terminar nunca.

Comment by Fábio Moon

sua visão é muito legal, curto muito seu trabalho. apesar de estilizado não negligencia detalhes da anatomia nem o peso e caimento das massas do corpo. eu faria um pé menor no sujeito, acho que funcionaria melhor, mas isso na minha visão das coisas. esse cara tem um jeitão bem confiante, a silhueta dele me lembra o trabalho desse gringo amigo meu, http://www.davecurd.com, embora tenha um estilo bem diferente o feeling do personagen é o mesmo, parrudo, bom de porrada. parabéns!

Comment by rodrigo

O clichê nem sempre funciona quando a questão é tentar fazer algo mais próprio. Mas obrigado pelo comment. Abraço!

Comment by Rafael Grampá

E se o Geof Darrow, o Frank Quitely ou até o Moebius tivessem um amigo conselheiro igual o Moon que dissesse – “não ia terminar nunca”?…
Manda bala, Grampa. É vc que tem que saber como quer seu álbum.
Abraço,
F. Mena.

Comment by Fernando Mena

I don’t speak your language, but I love your artwork! Kind of a cross between Robert Crumb, Mobeius, Geoff Darrow, Jim Woodring, and other such greats. Thankfully artwork is the universal language!

Comment by Neil Hill




Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 176 other followers

%d bloggers like this: